Do home-office para o coworking, o que eu preciso saber?

doubt

Finalmente, depois de pensar muito, fazer inúmeras contas e confrontar todos os prós e contras existentes na face da Terra, você decidiu abandonar o seu aconchegante, porém solitário home-office. Tudo bem, nada de pânico! É claro que, aquele friozinho na barriga é inevitável no primeiro dia, mas não se preocupe, afinal, um pouquinho de emoção não faz mal a ninguém. Além disso, aqui vão algumas dicas para ajudar você nessa nova fase da sua vida de profissional independente.

Para fazer uma boa escolha em relação a um espaço de coworking é necessário que você se atente a alguns detalhes que são a chave para o sucesso da empreitada. Não adianta você optar por um lugar ou outro apenas porque é mais barato ou mais próximo de casa. Lembre-se que você precisa focar no que é necessário para trabalhar motivado e ser produtivo. Por isso, pense no que você está procurando? Um lugar que inspire criatividade? Que permita concentração? Que tenha mais pessoas relacionadas a sua área de atuação?

Antes de partir para o ataque e sair a campo, elabore uma lista com o que você considera vital para a sua rotina diária. E nesse caso, vale tudo mesmo. Desde a cor das paredes até a sua necessidade de salas para reuniões privadas. Você deve levantar alguns questionamentos como: A iluminação me agrada? A cadeira é confortável? Tenho necessidade de salas de reuniões com frequência? Se sim, há disponibilidade no espaço para o qual eu pretendo ir? As pessoas desse lugar tem o mesmo estilo que o meu? Etc.

O primeiro passo é avaliar se o espaço para o qual você pretende ir atende as suas principais necessidades. Claro, não espere encontrar o mundo perfeito, mas tente enxergar no conjunto o que mais vai reunir o que você precisa para ter um bom dia de trabalho.

Outra coisa fundamental na escolha do seu espaço de coworking, é a facilidade de acesso ao local, apesar de termos dito aqui mesmo que você não deve optar simplesmente pelo espaço que é mais perto da sua casa, você deve avaliar muito bem quanto tempo vai gastar pra chegar a este local. Provavelmente, você optou por essa forma de trabalho porque queria ter mais qualidade de vida, tempo para sua família ou jogar tênis todas às terças e quintas às 5h da tarde. Logo, não faz o menor sentido perder preciosas horas do seu dia no deslocamento.

Faça uma análise das pessoas que administram o local. Elas são atenciosas? São simpáticas e solícitas?  São bem humoradas? São flexíveis em situações de conflito? Estas pessoas vão dar todo o suporte que você precisa diariamente, desde recepcionar os seus clientes até uma ajudinha com a impressora, por isso, é fundamental que você se identifique e se relacione bem com o pessoal.

Legal! Escolhi meu espaço, e agora?

No início pode ser que você se distraia um pouco por estar acostumado a trabalhar isolado no seu próprio mundinho dentro de casa. Acredite, isso passa rápido e as distrações iniciais logo se tornarão uma rotina que não chamará mais a sua atenção com a mesma frequência. De qualquer forma, depende de você lidar bem com isso ou não.

Smiling with my yellow necktie  3Uma boa dica é investir algum dinheiro em um bom par de fones de ouvido pra abafar os ruídos comuns do escritório. Nos dias em que você precisar realizar tarefas que necessitem de concentração, pode escolher sentar-se nos lugares mais reservados, próximos às paredes e com menos tráfego de pessoas. Mas não fique isolado o tempo todo, afinal um dos maiores benefícios do Coworking é o networking e as oportunidades de trocar ideias.

Se você está acostumado a trabalhar sozinho, de início, relacionar-se com os outros coworkers pode parecer um grande desafio e até um pouco assustador. Mas num espaço com outras pessoas, quanto antes você conhecê-las e “quebrar o gelo”, mais cedo vai sentir-se à vontade e relaxado entre os colegas e pode ser mais difícil fazer isso posteriormente. Em alguns lugares, os próprios administradores do espaço fazem o “meio de campo” sem invadir muito a privacidade dos coworkers. Num segundo momento, sair pra almoçar ou tomar um cafezinho pode se tornar comum e isso pode ser valioso quando se trata de conquistar novos clientes ou receber opiniões sobre alguma ideia.

No começo pode parecer estranho, por isso, vá aos poucos. Contrate algumas horas avulsas, passe alguns dias, sinta o clima e vá se acostumando. Quando você menos esperar estará completamente à vontade e adaptado ao conceito. Toda mudança tende a trazer alguma perda imediata, mas o ganho futuro na grande maioria das vezes compensa e muito.

Que tal mudar a cabeça e se abrir para novas e fantásticas oportunidades?

Venha conhecer a gente: www.link2u.com.br

Envie suas dúvidas!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s