Os 7 Hábitos dos Empreendedores de Sucesso

A maioria absoluta dos Coworkers do Link2U são empreendedores. Esse foi um dos resultados da pesquisa interna que fizemos aqui na semana passada. Por isso, resolvermos dedicar este post a eles, que vão à luta atrás de seu próprio negócio.

Para o colunista da revista Forbes, Steven Berglas, empreendedores são realizadores. Eles não se importam com a definição do seu trabalho. O que eles querem mesmo é resultado.

Por isso, em seu artigo na edição de abril da Forbes, o colunista listou os 7 Hábitos dos Empreendedores de Sucesso:

1. Não pare de fazer pesquisa de mercado.

ChartEmpreendedores são talentosos em identificar necessidades do mercado, e não em construir novos dispositivos. Mesmo um inventor que também seja um empreendedor, percebe primeiro a tendência para em seguir desenvolver um produto.

Como Thomas Edison já disse, “Eu nunca aperfeiçoei nenhuma invenção que eu não acreditasse ser útil às pessoas”.

Por isso, para empreender com sucesso, o primeiro passo é observar o mercado e identificar suas necessidades. A solução para esses desejos é o próximo grande negócio.

2.  Quer ser um empreendedor de sucesso? Dispense o terapeuta.

Não tem nada que um empreendedor deva temer mais do que resolver seus conflitos internos com seus pais. Isso porque ser desacreditado por eles é o que leva muitos empresários ao sucesso
Um exemplo: Philip Knight, fundador da Nike, não conseguiu um emprego no jornal do próprio pai. Sem abrigo profissional, ele foi escrever para a concorrência e concentrou toda a sua energia em construir uma empresa que mudou muitas vidas.

A lista de empreendedores que não puderam contar com o apoio dos pais inclui ainda ninguém menos que Steve Jobs, Larry Ellison (Oracle) e Dave Thomas (Wendy’s). Todos órfãos.

Se você é realmente um empreendedor já deve saber que as dificuldades também trazem muitos benefícios. Por isso, ame a sua angústia. Use-a a seu favor nos negócios. E fique longe do consultório do terapeuta até que você tenha alcançado um sucesso como o desses caras aí acima. 

Hands3. Você pode até odiar seus pais, mas deve amar todas as outras pessoas.

A ideia de que empreendedores são solitários é totalmente sem sentido. Quando você vive para criar um produto para um mercado que pode ou não já existir, você precisa de ajuda. E quem começa um negócio deve ter uma habilidade incrível de reunir pessoas em torno de suas ideias.Poucos atraem investidores e profissionais com tanta facilidade quanto os empreendedores. É uma questão de sobrevivência.

4. 
Seja bom de briga.
RockyMesmo que os empreendedores sejam abertos e amigáveis, é melhor não cruzar o caminho de um deles. É uma opinião controversa, mas a raiva gerada pela competitividade levou muitos negócios ao sucesso.Quem se lembra do comercial de 1984 em que Steve Jobs declarou guerra à IBM ao apresentar o Macintosh, sabe do que estamos falando. Toda a raiva de Jobs contra o sistema estabelecido no mercado e toda a sua paixão foram mostrados naquele anúncio. E alguém duvida que deu certo?
5. Exercite suas habilidades de negociação

Empreendedores seguem a filosofia da experimentação. São aquelas pessoas que estão sempre criando e executando pequenos experimentos, pois acreditam que “nunca se sabe, até que se tenha tentado”. Assim, não têm receio de negociar prazos, valores ou acordos pessoais.

workersEm suas aulas no Acton MBA, em Austin/Texas, o professor de empreendedorismo Jeff Sandefer exige de seus alunos tarefas como entrar em lojas de departamento e pedir um desconto, por exemplo. Um exercício que pode colaborar no aprendizado da negociação.

Jeff Sandefer defende que assim, engajando-se em negociações com boas chances de fracasso, o empreendedor vai compreender mais rapidamente que o segredo para o sucesso é justamente aprender com seus erros.

Essas experiências oferecem àqueles que desejam ser empreendedores as características que todo profissional deseja: persistência, resiliência e busca incessante pelo sucesso.

6. Empreendedores são guiados por princípios.Paper people

Muito se ouve ultimamente sobre os empreendedores sociais e seus negócios que tornam o mundo um lugar melhor. Mas, na verdade, qualquer empreendedor que obtenha sucesso a longo prazo está engajado em um negócio social – mesmo que nem sempre saiba disso.

Ou seja, bons negócios, que duram, são aqueles com valor social. E ninguém compreende melhor essa dimensão profissional que o empreendedor.

Peter Drucker, um dos gurus do empreendedorismo, já disse em seu livro Frontiers of Management: “A responsabilidade social dos negócios está em transformar um problema em uma oportunidade financeira, em benefícios econômicos, em capacidade de produção, em competência humana, em empregos bem pagos e em riqueza”.

Bored7.  E por falar em social, empreendores são aqueles que querem sempre “mais e melhor”, 24/7.

Não tem como fugir: para ser um grande empreendedor, é preciso estar disposto a questionar tudo o que parece estabelecido no mundo.

Isso pode até chegar ao ponto em que as pessoas te chamem de eterno descontente. Mas tudo bem. O importante é buscar sempre soluções melhores para os problemas sociais.

E sendo um eterno descontente, você estará na companhia de grandes homens e mulheres que de fato mudaram o mundo para melhor.

Fonte: Revista Forbes, edição Abril/2012

Envie suas dúvidas!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s