Coworking: todos juntos para criar indivíduos melhores

OOOOOOOO

As práticas de trabalho vêm se tornando mais diferentes e inusitadas a cada dia que passa. Como nós vivemos na era da Internet, com toda rapidez e facilidade, muitos profissionais e donos de empresas pequenas ou grandes têm autonomia para preferir ficar em casa e exercer seu trabalho à distância, a fim de ter mais conforto (sem contar no desejável corte de gastos).

Mas como tudo tem um porém, o chamado home office, prática que tomou grandes proporções e que ainda faz a cabeça de muita gente, possui um lado não tão agradável. Querendo ou não, ficar em casa mais tempo que o normal pode transformar o seu trabalho em algo cansativo. Afinal, além de tornar o horário do fim de expediente menos palpável, quem aguenta ficar sozinho o tempo todo?

A falta de companheiros e de uma clara divisão entre o espaço de trabalho e lazer pode ser psicologicamente dura para muitas pessoas. De acordo com Roberto Juliani, proprietário da Link2u, em entrevista concedida ao Jornal Destak na última segunda-feira (04/03), “ficar em casa dificulta ampliação do raciocínio da ideia”. E não é que é verdade? O home office funciona, mas não é para todos.

E pra quem não consegue se acostumar a trabalhar sozinho e em casa, existe uma solução bem divertida: o coworking. Ele se caracteriza como um lugar onde pessoas de diferentes áreas dividem o mesmo espaço a fim de desenvolverem seus trabalhos, além de obter contatos e colocar a mente para funcionar de forma mais criativa. Essa modalidade de trabalho já é uma realidade para centenas de brasileiros. Criado nos Estados Unidos, o modelo de coworking passou de mero modismo e chegou para ficar de vez na rotina das pessoas.

Sejam programadores, editores, advogados, empreendedores, freelancers ou escritores, essa diferença é que faz o conceito do coworking funcionar, e é uma tendência que vem crescendo muito. Os relacionamentos interpessoais e o próprio espaço estimulam os coworkers a terem novas ideias e a conhecerem novas áreas!

A Link2u esteve também no caderno especial de domingo do jornal Destak, na sessão “Inove no trabalho”. A matéria permite que o conceito de coworking seja cada vez mais disseminado no Brasil, e consequentemente, dando novas alternativas para pessoas que querem gastar menos com um escritório ou que querem abandonar o home office.

destak_materia

Os fatores positivos do coworking são inúmeros, e vale a pena sair do sofá e abrir os olhos para o mundo.

Envie suas dúvidas!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s